Nuno Borges regressa ao Porto Open com reviravolta noturna

PORTO — Exatamente doze horas depois do primeiro “Ready? Play” do dia, Nuno Borges encerrou a participação portuguesa na jornada desta quarta-feira do Porto Open com uma reviravolta noturna que o coloca nos oitavos de final do quadro principal de singulares.

De regresso ao palco que há dois meses o consagrou como campeão nacional absoluto, o tenista maiato teve de lutar por três sets para sair vencedor do encontro com Patrick Kypson (com quem dividia vitórias nos dois duelos que protagonizaram no circuito universitário norte-americano) com os parciais de 5-7, 7-5 e 6-1.

No último duelo do dia, Borges sentiu muitas dificuldades em lidar com o potente serviço do norte-americano, que apostou inúmeras vezes na subida à rede imediata, e só no final do segundo parcial conseguiu adaptar-se e tirar proveito da estratégia do adversário para neutralizar a sua arma principal com bolas mais chapadas e curtas, que causaram dificuldades imediatas a Kypson no primeiro volley e o ajudaram a construir a reviravolta.

Um ano depois de ter caído surpreendentemente na primeira ronda (tinha sido finalista na edição anterior), o jogador da Escola de Ténis da Maia juntou-se aos compatriotas Tiago CaçãoGastão Elias nos oitavos de final do quadro masculino, sendo que no feminino também Francisca Jorge conseguiu seguir em frente.

Total
2
Shares
Total
2
Share