Tiago Cação bate antigo top-200 mundial e está nos quartos de final em Castelo Branco

Beatriz Ruivo/FPT

O português Tiago Cação está apurado para os quartos de final do ITF de 15 mil dólares de Castelo Branco. Esta quinta-feira, Cação conquistou uma das maiores vitórias da carreira, ao bater o antigo top-200 mundial Gonzalo Lama (889.º ATP) com os parciais de 6-3, 6-7(5) e 6-3.

O tenista de 22 anos realizou uma partida muito assertiva e, apesar de um arranque em falso, não perdeu a concentração. Lama conseguiu o primeiro break do encontro logo no terceiro jogo, mas Cação manteve a compostura e devolveu a quebra de serviço de imediato. Com o ímpeto do seu lado, o tenista português conseguiu uma segunda quebra de serviço numa altura crucial do set e colocou-se na posição de servir para fechar a primeira partida. Lama ainda levou o jogo a um 30-30, mas um ás deu o primeiro set point a Tiago Cação, que aproveitou a oportunidade para se adiantar no marcador.

A segunda partida foi extremamente equilibrada. Os break points não apareceram durante todo o parcial e ambos os atletas se mantiveram muito sólidos até ao tiebreak. No desempate, Lama venceu os primeiros quatro pontos e parecia ter a vitória no set bem encaminhada. Contudo, Tiago Cação respondeu com três pontos consecutivos e voltou à discussão do set. O português recuperou até igualar o tiebreak a cinco, mas cedeu os dois pontos seguintes e Lama forçou mesmo uma terceira partida.

O arranque do terceiro set correu de feição para o tenista português. Cação conseguiu quebrar o serviço de Lama e adiantar-se por 2-0 no marcador. No entanto, o 549.º classificado do ranking ATP não conseguiu confirmar o break e cedeu o serviço de imediato. De volta ao pé de igualdade, os dois atletas confirmaram os jogos de serviço que se seguiram, até Cação ter avançado para um break na reta final da partida. O tenista português quebrou o serviço de Gonzalo Lama, adiantou-se por 5-3 e fechou o encontro ao serviço logo de seguida.

Nos quartos de final da prova, Tiago Cação vai defrontar o espanhol Nicolas Alvarez Varona, número 604 mundial. Os dois já se defrontaram previamente, nas meias-finais do Future de Sintra, em 2018. A vitória sorriu ao português, por 6-2, 6-7(7) e 6-3.

Total
18
Shares
Total
18
Share