João Sousa já conhece o primeiro adversário em Roland Garros

Beatriz Ruivo/FPT

O português João Sousa já sabe quem vai defrontar na primeira ronda de Roland Garros. O sorteio para a edição de 2020 do Grand Slam francês realizou-se na tarde desta quinta-feira e colocou no caminho do número um nacional um adversário já conhecido.

A sorte ditou que Sousa irá medir forças com o eslovaco Andrej Martin, 101.º colocado do ranking ATP. Os dois tenistas já se defrontaram anteriormente por três ocasiões, sempre em terra batida. O confronto direto é favorável a Martin, que venceu Sousa na final da edição de 2013 do Challenger de San Benedetto (6-4 e 6-3) e, três anos depois, bateu o português nos quartos de final do ATP 250 de Umag (6-3, 4-6 e 6-2). A única vitória de João Sousa sobre o tenista de 31 anos surgiu na segunda ronda do Challenger de Furth, em 2013, com o vimaranense a triunfar por 6-4, 2-6 e 7-5.

Em caso de vitória na primeira ronda, o 77.º classificado do ranking ATP poderá vir a medir forças com um dos cabeças de série na segunda eliminatória. A acontecer, será Grigor Dimitrov, o 18.º melhor cotado, a defrontar João Sousa. Para tal, tanto o português como o búlgaro precisam de vencer os respetivos compromissos, com Dimitrov a ter estreia agendada contra o francês Gregoire Barrere. De resto, a metade de quadro onde Sousa está inserido não se antevê fácil, com potenciais encontros com Denis Shapovalov e Stefanos Tsitsipas na terceira e quarta rondas, respetivamente.

A edição de 2020 do torneio parisiense marca a nona participação do vimaranense no quadro principal. Nas oito aparições anteriores, João Sousa nunca conseguiu alcançar mais do que a segunda ronda da prova, um feito que repetiu por quatro ocasiões (2013, 2015, 2016 e 2017).

Total
6
Shares
Total
6
Share