Frederico Silva arrasa ex-número 12 ATP na estreia em Roland Garros

Beatriz Ruivo/FPT

Frederico Silva realizou, esta terça-feira, o primeiro encontro como tenista profissional na terra batida e o resultado não poderia ter sido melhor: em apenas 67 minutos, o caldense afastou o ex-top 20 Viktor Troicki para chegar à segunda ronda do qualifying.

Duas semanas depois de ter derrotado o sérvio no Challenger de Prostejov, o número quatro nacional e 196 ATP voltou a passar com distinção pelo desafio, ao aplicar os parciais de 6-0 e 6-2 num encontro de sentido único.

A participação em Roland Garros é a terceira de Frederico Silva em torneios do Grand Slam como profissional (como júnior conquistou dois títulos em pares — os primeiros da história do ténis português) e a chegada à segunda ronda permite-lhe igualar as anteriores prestações: também o conseguiu em Wimbledon 2016 e no Australian Open deste ano.

A separá-lo da ronda de acesso ao quadro principal, Frederico Silva terá ou o brasileiro João Menezes (187.º) ou o egípcio Mohamed Safwat (140.º e 28.º cabeça de série).

Na jornada inaugural, Pedro Sousa e João Domingues não conseguiram ultrapassar os primeiros desafios em Roland Garros, pelo que o tenista natural das Caldas da Rainha é o único português ainda em competição no qualifying do Grand Slam francês, que em 2020 volta a ter João Sousa assegurado no quadro principal.

Total
14
Shares
Total
14
Share