João Sousa cai no qualifying e fica à espera da sorte no Masters 1000 de Roma

Beatriz Ruivo/FPT

Depois de duas vitórias nas rondas inaugurais, João Sousa (68.º ATP) não conseguiu carimbar o triunfo que lhe faltava para aceder ao quadro principal de singulares do Internazionali BNL d’Italia. Agora, o número um português fica dependente da sorte para saber se ocupa a vaga de lucky loser deixada por Richard Gasquet, que desistiu do Masters 1000 italiano.

Com Tennys Sandgren (48.º) pela frente, o melhor jogador português da atualidade não esteve confortável em campo — sentiu dificuldades em imprimir velocidade à bola, desviou-se em demasia da esquerda e nunca conseguiu encontrar a estabilidade emocional — e perdeu em dois sets, por 6-3 e 6-0.

Eliminado na última ronda do qualifying, João Sousa ainda tem uma possibilidade de entrar no quadro principal do Masters 1000 de Roma, mas como lucky loser: como melhor cotado entre os que perdem na fase de qualificação, o vimaranense será sorteado juntamente com o segundo melhor.

Total
4
Shares
Total
4
Share