Clara Tauson e Bia Haddad nos quartos de final na Figueira da Foz

FIGUEIRA DA FOZ — Os quartos de final do quadro principal de singulares do Figueira da Foz International Ladies Open ficaram definidos esta quinta-feira e têm em Clara Tauson e Bia Haddad Maia os nomes de maior destaque.

Principal candidata à vitória naquele que é o torneio mais importante do ano a realizar-se em Portugal, a jovem dinamarquesa (que foi número um mundial de sub 18 aos 16 anos e já é a 208.ª do ranking) não sentiu dificuldades em desenvencilhar-se da belga Magali Kempen (429.ª) e venceu por 6-2 e 6-3 em 1h25.

[1] Clara Tauson (DEN) vs. [Q] Magali Kempen (BEL), 2R Figueira da Foz International Tennis Open:

Publicado por Raquetc em Quinta-feira, 10 de setembro de 2020

À procura do segundo título do ano (o primeiro foi conquistado há cerca de um mês, no ITF de 15 mil dólares de Oeiras), Clara Tauson — que treina na academia da ex-número um mundial Justine Henin — vai defrontar Maia Lumsden, britânica que aos 23 anos é a 367.ª, mas já foi 250.ª e que esta quinta-feira superou Valentini Grammatikopoulou (carrasca de Francisca Jorge na eliminatória inaugural) por 6-1 e 6-2 para colocar um ponto final nas aspirações da sétima cabeça de série.

Quem também continua a ganhar é Bia Haddad Maia. Depois do título em Montemor-o-Novo, que marcou o regresso à competição depois de uma longa ausência (entre uma suspensão e a interrupção causada pela pandemia), a brasileira somou o segundo triunfo consecutivo em dois sets, desta vez por 3-6, 6-2 e 6-1 contra a japonesa Yuriko Lily Miyazaki.

[WC] Beatriz Haddad Maia (BRA) vs. Yuriko Lily Miyazaki (JPN), 2R Figueira da Foz International Ladies Open:

Publicado por Raquetc em Quinta-feira, 10 de setembro de 2020

A separá-la das segundas meias-finais consecutivas, Haddad Maia (que se apresentou a todo o mundo quando derrotou Garbiñe Muguruza na primeira ronda de Wimbledon, há pouco mais de um ano) terá Sandra Samir. A egípcia (358.ª) não entrou nada bem, mas acabou por conseguir sorrir por último numa montanha russa contra a britânica Jodie Anna Burrage (sexta cabeça de série e vice-campeã de singulares e pares em Montemor-o-Novo) ao salvar match points no tie-break da terceira partida para vencer por 0-6, 6-2 e 7-6(6), depois de 2h30.

Também na metade de baixo vão estar frente a frente Andrea Lazaro Garcia (318.ª) e Lucrezia Stefanini (391.ª, que afastou a popular Fanny Stollar), enquanto na metade superior do quadro a outra vaga nas meias-finais será discutida por duas espanholas: Marina Bassols Ribera (409.ª, que derrotou Inês Murta na primeira ronda) e Georgina Garcia-Perez (283.ª).

Em pares, uma alegria para Portugal: ao lado da sueca Jacqueline Cabaj Awad, Inês Murta não começou bem, mas terminou a carimbar o apuramento para as meias-finais de sexta-feira.

Total
3
Shares
Total
3
Share