Djokovic “triste e vazio” depois de ser desqualificado do US Open

Depois de ser desqualificado do US Open por atingir numa juíz de linha com uma bola, Novak Djokovic optou por não comparecer na conferência de imprensa obrigatória e recorreu às redes sociais para, de forma breve, se referir ao sucedido e deixar um pedido de desculpas.

“Esta situação deixou-me muito triste e vazio. O torneio disse-me que, graças a Deus, a juíz de linha está a sentir-se bem. Lamento muito ter-lhe causado todo este stress. Tão involuntário. Tão errado”, começou por escrever o número um do mundo na rede social Instagram.

“Em relação à desqualificação, tenho de trabalhar com a minha equipa e torná-la numa lição para o meu crescimento e evolução como jogador e ser humano. Peço desculpa ao US Open e a toda a gente associada pelo meu comportamento. Estou muito agradecido à minha equipa e à minha família pelo apoio, e aos meus fãs por estarem sempre comigo. Obrigado a todos e as minhas desculpas”, concluiu Novak Djokovic.

Total
7
Shares
Total
7
Share