Frederico Silva derrota ex-top 30 mundial na estreia em Ostrava

Beatriz Ruivo/FPT

Entrada perfeita para Frederico Silva (193.º ATP) no Challenger de Ostrava, na República Checa: na segunda semana do regresso ao circuito internacional, o caldense de 25 anos levou a melhor sobre um ex-top 30 para agarrar um lugar na segunda ronda.

Depois de uma boa semana em Praga, onde esteve perto de derrotar Sergiy Stakhovsky, o número três nacional levou a melhor sobre Martin Klizan (eslovaco que é o 166.º e chegou a 24.º em 2015), por 7-6(4) e 6-2, ao fim de 1h31.

No primeiro frente-a-frente com Klizan, o jogador português nem entrou bem: foi quebrado logo ao segundo jogo e ficou rapidamente a perder por 3-0, mas foi rápido a reagir e conseguiu manter-se taco a taco até ao tie-break, onde um mini-break fez a diferença.

No segundo set, o pupilo de Pedro Felner já conseguiu estar sempre no comando das operações. Primeiro com um break (para o 2-0), depois com outro (no último jogo), Frederico Silva fez a diferença necessária para somar uma das melhores vitórias da carreira e marcar encontro com o vencedor do encontro entre outros dois eslovacos: Lukas Lacko (177.º que já foi 44.º) e Filip Horansky (175.º).

Atualizado às 13h58.

Total
5
Shares
Total
5
Share