Djokovic eleva o nível e soma mais um triunfo em Cincinnati

O sérvio Novak Djokovic somou esta terça-feira o segundo triunfo no Western & Southern Open, que esta temporada se joga em Nova Iorque e não em Cincinnati como é hábito. Com uma exibição bem mais segura do que aquela verificada na ronda anterior, o número um mundial desembaraçou-se de Tennys Sandgren (55.º) em dois sets, com os parciais de 6-2 e 6-4.

O encontro não podia ter começado de melhor maneira para o melhor cotado do torneio. Djokovic quebrou o serviço do norte-americano logo no jogo inaugural e adquiriu desde cedo um balão de ar fresco e que lhe permitiu assumir o controlo da partida logo na fase inicial. Embalado pelo bom arranque, o sérvio só teve dificuldades quando serviu para fechar o parcial. Nessa altura, Sandgren chegou a dispor de um break point, mas Djokovic deu a volta à situação e selou o parcial.

Antes que Sandgren pudesse sequer esboçar uma reação, Djokovic repetiu a façanha do primeiro parcial e conseguiu novo break no primeiro jogo. Com um set e um break de vantagem, o sérvio soube gerir o encontro e só passou por dificuldades na reta final, quando salvou três break points para chegar ao 5-3. A servir para se manter no encontro, Sandgren ainda salvou cinco match points e obrigou Djokovic a fechar, com o sérvio a não revelar quaisquer dificuldades em fazê-lo.

Apurado para os quartos de final e ainda sem ceder qualquer derrota em 2020, Novak Djokovic tem agora encontro marcado com o alemão Jan-Lennard Struff (34.º), que surpreendeu David Goffin.

Total
2
Shares
Total
2
Share