Sensação dinamarquesa Clara Tauson conquista a Oeiras Magnesium-K Active Cup

OEIRASClara Tauson tem apenas 17 anos, mas o currículo já impressiona e este domingo ganhou mais um troféu: na semana que assinalou o regresso do circuito ITF mais de cinco meses depois, a nova sensação do ténis dinamarquês sagrou-se campeã da singulares da Oeiras Magnesium-K Active Cup — o único torneio internacional feminino disputado em todo o mundo nos últimos dias.

Na decisão deste domingo, Clara Tauson (que já é a 212.ª do ranking WTA) não deu hipóteses a Maria Gutierrez Carrasco (539.º) e venceu por 6-3 e 6-2 em apenas 1h29.

Apesar do triunfo autoritário, a prestação na final foi a pior da semana para a jovem dinamarquesa, que revelou algumas dificuldades na movimentação, mas voltou a conseguir fazer a diferença com o jogo fluído e profundo que lhe permitiu “empurrar” a tenista espanhola para trás da linha de fundo.

“Foi uma longa, longa pausa, mas joguei alguns torneios nacionais que me ajudaram a manter a forma. Sabia que ia regressar com um jogo sólido e em forma, mas é sempre difícil quando se compete ao nível internacional e este torneio tinha muito boas jogadoras em prova. Estou muito contente por ter conseguido sair por cima desta semana depois de encontros difíceis, estou muito feliz”, revelou depois da vitória no CETO – Clube Escola de Ténis de Oeiras.

A vitória na Oeiras Magnesium-K Active Cup traduziu-se no sétimo título da carreira no circuito profissional para Clara Tauson, que chegou ao topo do ranking mundial de juniores um mês depois de completar 17 anos.

Na próxima semana, a nova sensação do ténis na Dinamarca vai jogar o WTA 125k de Praga, na República Checa, mas depois conta regressar a Portugal para participar nos torneios internacionais de Montemor-o-Novo, Figueira da Foz e Santarém.

Total
6
Shares
Total
6
Share