Gonçalo Oliveira passa o qualifying em Praga e pode encontrar Stan Wawrinka

Gonçalo Oliveira f5

Uma semana depois de ter regressado ao circuito internacional na variante de pares, Gonçalo Oliveira jogou pela primeira vez em mais de cinco meses um encontro de singulares e concluiu-o com sucesso, ao passar pela primeira e única ronda do qualifying do Challenger de Praga, na República Checa.

Primeiro cabeça de série de um curto quadro com apenas quatro jogadores, o portuense de 25 anos (número 278 do ranking) derrotou o wild card norte-americano Toby Alex Kodat (que aos 17 anos é o 1226.º da tabela individual) por 6-4 e 6-4 para chegar ao quadro principal.

Superado o primeiro obstáculo na capital checa, Gonçalo Oliveira ficou entretanto a saber que pode cruzar caminhos com o suíço Stan Wawrinka — número 17 ATP, que este sábado venceu o primeiro de dois Challengers em Praga — na segunda eliminatória, mas para lá chegar não terá tarefa fácil: o próximo adversário do número cinco português é o tunisino Malek Jaziri, 261.º do ranking que já esteve a 42.º.

Total
5
Shares
Total
5
Share