É oficial: Mutua Madrid Open cancelado por culpa da pandemia de Covid-19

Os circuitos ATP e WTA sofreram esta terça-feira mais uma baixa de peso no calendário. O Mutua Madrid Open, que estava previsto ocorrer em setembro, foi oficialmente cancelado. A decisão foi comunicada pela organização da prova.

Inicialmente previsto para se jogar entre 1 e 10 de maio, o torneio foi movido para a janela de 12 a 20 de setembro, por culpa da pandemia de Covid-19. Contudo, dada a situação atual que se vive em Madrid, os organizadores optaram por avançar para o cancelamento da edição de 2020.

“Demos o nosso máximo para organizar o torneio”, afirmou o diretor do evento, Feliciano López. “Depois do primeiro cancelamento em maio, trabalhamos para as datas de setembro na esperança de termos ténis de primeira qualidade na Caja Mágica durante este ano, que tem sido tão difícil para todos. No entanto, a contínua instabilidade ainda é demasiado grande para acolher um torneio desta dimensão em segurança”, acrescentou.

A ATP e a WTA já reagiram à decisão num comunicado conjunto, onde manifestaram a tristeza pelo desfecho em relação ao torneio espanhol. “Estamos desapontados por não se realizar o torneio este ano, mas reconhecemos a dedicação do Feliciano e de toda a equipa, que trabalharam arduamente para considerar e providenciar todas as alternativas possíveis para que o torneio se jogasse este ano”, afirmou o CEO da WTA, Steve Simon.

Total
4
Shares
Total
4
Share