Madrid à beira do cancelamento e USTA quer desqualificar atletas com acompanhantes infetados

É a notícia que cai que nem uma bomba esta segunda-feira: o Masters 1000 de Madrid poderá ser oficialmente cancelado nas próximas horas, de acordo com a MARCA. O cancelamento do torneio espanhol, de resto, coloca em risco a realização do Masters 1000 de Cincinnati e do US Open.

Segundo a mesma publicação, o cancelamento do torneio madrileno – que pode ser anunciado nas próximas horas – complica a situação no que diz respeito ao que tinha sido negociado entre os norte-americanos e o Governo espanhol em relação à quarentena. As duas partes tinham acordado que os tenistas poderiam chegar a Madrid sem terem que realizar o período de 14 dias de isolamento. A bola está agora do lado das autoridades italianas, que terão que negociar isso mesmo com os americanos, uma vez que apenas o Masters 1000 de Roma parece vir a ficar de pé.

As notícias, no entanto, não ficam por aqui. A MARCA avança ainda que a USTA tem a intenção de desqualificar todos os tenistas que tenham algum membro da equipa técnica infetado com o novo coronavírus. Esta vontade dos organizadores do US Open está a gerar polémica, uma vez que a ATP discorda da medida e estará a considerar não atribuir pontos para o ranking nos dois torneios americanos.

Total
5
Shares
Total
5
Share