Jogadora testou positivo à covid-19 em Palermo, mas o torneio vai continuar

Poucas horas depois de ter anunciado que os primeiros 400 testes à covid-19 receberam todos um resultado negativo, a WTA informou que houve uma jogadora a testar positivo ao novo coronavírus. No entanto, e de acordo com os protocolos, os planos mantêm-se: o Palermo Ladies Open começa na tarde deste sábado.

Sem revelar o nome da jogadora (que deverá ser conhecido quando o quadro principal for sorteado, uma vez que habitualmente é acompanhado da lista de jogadoras que desistiram e os respetivos motivos), a associação de ténis feminino explicou que a tenista em questão “estava assintomática” e que já terá sido “isolada”, estando neste momento a ser realizados mais testes a todos os que estiveram “em contacto próximo”.

O teste positivo resulta na desistência automática do torneio, que de acordo com os protocolos definidos vai continuar: os primeiros encontros do qualifying estão marcados para as 16h locais deste sábado, 15h em Portugal Continental.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."