Fred Gil regressa nove meses depois para jogar pares no Campeonato Nacional

André Ferreira/FPT

PORTO — Nove meses depois de ter jogado pela última vez um encontro oficial, Fred Gil vai regressar à competição para jogar o quadro de pares do Campeonato Nacional Absoluto, onde tem o título a defender… Mas em singulares, variante que não vai disputar porque ainda está a recuperar de uma artrite.

Aos 35 anos, o ex-número 62 do ranking mundial de singulares e 105 de pares é a grande novidade no quadro de pares que foi sorteado na tarde desta quarta-feira. Gil vai jogar ao lado de Valentin de Carvalho, jogador que acompanhou como treinador na fase de qualificação.

Campeão nacional em 2016 (ao lado de Tiago Cação) e 2019 (com Paulo Fernandes), Francisco Cabral defende o estatuto de primeiro cabeça de série ao lado de Nuno Borges, com quem já conquistou cinco títulos no circuito internacional.

Na etapa inaugural, os dois jogadores do Norte do País vão enfrentar Gonçalo Falcão — campeão em 2008 (com Nuno Páscoa), 2012 e 2018 (ao lado de Gonçalo Pereira) e vice-campeão em 2013 e 2014 — e Duarte Vale.

Os segundos favoritos são José Ricardo Nunes (campeão em 2016 e vice-campeão em 2008 e 2012) e Tiago Torres, que terão como primeiros adversários Gil e Carvalho, enquanto Paulo Fernandes/Bernardo Roque e Fábio Coelho/Daniel Batista ocupam os restantes lugares na lista de pré-designados.

Masculinos - Seniores (CN) (Pares)
Total
10
Shares
Total
10
Share