Vídeo: gesto de frustração vale desqualificação no Campeonato Nacional

Beatriz Ruivo/FPT

PORTO — Final infeliz para uma jornada recheada de ação: no último encontro do dia no Complexo Desportivo do Monte Aventino, Diogo Marques acabou desqualificado numa altura em que o encontro da primeira ronda do qualifying do Campeonato Nacional Absoluto se aproximava dos momentos decisivos.

O episódio aconteceu ao sétimo jogo do set decisivo, quando um momento de frustração por parte do jovem de 20 anos fez com que uma bola atingisse, ainda que inadvertidamente, a cadeira do árbitro, um gesto que significou desqualificação automática.

O episódio resultou na passagem automática de Miguel Gomes à segunda e última ronda do quadro de qualificação quando o jogador do Clube de Ténis de Alcobaça — um dos convidados para jogar o torneio — já liderava por 6-7(4), 7-5 e 4-2. Segue-se um encontro decisivo frente a Bernardo Roque.

Notícia atualizada às 10h53.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."