Henrique Rocha e Hugo Maia entram com tudo no qualifying do Campeonato Nacional Absoluto

Beatriz Ruivo/FPT

PORTO — Jornada recheada e animada a abrir a ação no que disse respeito ao “qualifying” do Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto, com Henrique Rocha e Hugo Maia — dois dos jovens em destaque nas últimas semanas — a carimbarem as vitórias mais folgadas do dia no Complexo Desportivo do Monte Aventino, no Porto.

Vindo do melhor triunfo da carreira na Figueira da Foz, onde deixou pelo caminho o colega de treinos Tiago Cação (547.º ATP), Henrique Rocha, o atual campeão nacional de sub 16, não cedeu jogos a caminho de uma vitória expressiva (6-0 e 6-0) sobre David Ramalho para chegar à segunda e última ronda da fase de qualificação.

No encontro de acesso ao quadro, o tenista maiato de 16 anos — que faz parte da equipa do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis — vai ter como adversário Pedro Libório, responsável por outro dos triunfos folgados (6-1 e 6-1 a Rodrigo Deleu) da jornada.

Muito tranquilo foi, também, o dia de Hugo Maia. Duas semanas depois de afastar o ídolo Gastão Elias na etapa do Circuito Sénior FPT que se jogou no Lisboa Racket Centre, o tenista de Braga passou por Bruno Ouvidor (6-0 e 6-0) e vai encontrar João Gonçalves (que venceu Rodrigo Beires por 6-0 e 6-1) no encontro que decide uma das oito vagas por preencher no quadro principal.

Mais trabalho tiveram Guilherme Rosa (6-3, 5-7 e 6-4 contra Arthur Dussaubaut), Daniel Batista (6-4, 6-7[1] e 6-4 perante Jaime Faria), Tomás Pinho (5-7, 6-1 e 6-4 perante Valentin de Carvalho) e Miguel Gomes 6-7[4], 7-5 e 4-2 contra Diogo Marques, que acabou desqualificado), que precisaram de três partidas para entrarem a ganhar no Campeonato Nacional Absoluto.

Em frente, na jornada desta segunda-feira, seguiram ainda Afonso Portugal, Tomás Oliveira, Bernardo Roque, Illia Stoliar, Francisco Oliveira, Francisco Faria, Martim Simões e Gonçalo Falcão, que voltam à ação na terça-feira para lutarem pelo apuramento para o quadro principal.

Para a terceira jornada do Campeonato Nacional Absoluto estão igualmente agendados os encontros da segunda ronda do “qualifying” feminino, que só se conclui no dia seguinte. Maria João Koehler — a hexacampeã que regressou aos “courts” quase dois anos depois para jogar esta semana — entrou a ganhar: 6-1 e 6-0 contra Bia Neto.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."