Gastão Elias lesiona-se e Nuno Borges fica com a vaga nas meias-finais na Figueira da Foz

Beatriz Ruivo/FPT

FIGUEIRA DA FOZ — O azar voltou a bater à porta de Gastão Elias, que poucos minutos depois de iniciar o encontro com Nuno Borges se lesionou no adutor da perna direita e se viu obrigado a retirar-se do último encontro da fase de grupos no Tennis Club da Figueira da Foz, um resultado que deu ao adversário maiato o lugar nas meias-finais.

Num reencontro (já tinham estado frente a frente na Vale do Lobo Tennis Academy) que valia um lugar na fase a eliminar da última etapa do Circuito Sénior FPT, o ex-top 60 ATP lesionou-se no adutor da perna direita durante a execução do movimento de serviço e foi rápido a perceber a gravidade da situação: “Quando tentei fazer o serviço seguinte percebi que havia claramente algum problema. Ainda não sei, mas suponho que tenha sido uma rutura. Acredito que não seja muito grave, mas era completamente impossível continuar o encontro”, explicou.

Diretamente do Tennis Club da Figueira da Foz para as urgências, o atual número 7 nacional e 532 ATP acha difícil estar recuperado a tempo do Campeonato Nacional Absoluto, que se joga na próxima semana no Complexo Desportivo do Monte Aventino, mas ainda não descarta nenhum cenário: “Pela dor que sinto, diria que não há a mínima possibilidade de jogar na próxima semana, mas não sei. Pode ser que consiga. Vou direto às urgências para fazer uma ecografia e ter a noção de quanto tempo terei de parar e perceber se é sério ou não.”

Quanto a Nuno Borges, que venceu a etapa inaugural do Circuito Sénior FPT, na Figueira da Foz, lamentou o desfecho daquele que era um dos encontros maisa guardados da jornada: “Estou feliz por ter passado às meias-finais, mas sinto por ele, porque ele merecia conseguir estar saudável e acabar o encontro. Eu também queria poder jogar, estava a entrar no ritmo do encontro e a adrenalina estava a jogar, mas as coisas são assim e agora tenho é de me focar na meia-final.”

Na final, o tenista da Maia vai enfrentar o vencedor do encontro que coloca frente a frente Frederico Silva (que o afastou na última semana) e João Monteiro, mas não tem preferências: “São dois jogadores extremente difíceis e espero que estejam a jogar muito bem, porque viemos aqui para jogar bons encontros.”

Total
2
Shares
Total
2
Share