Gastão Elias derrota promessa de 16 anos na estreia na Figueira da Foz

Beatriz Ruivo/FPT

FIGUEIRA DA FOZ — Vitória para o jogador mais cotado no arranque dos encontros do quadro principal masculino previstos para esta quinta-feira no Tennis Club da Figueira da Foz, com Gastão Elias a subir ao primeiro lugar do Grupo 3 a par de Nuno Borges.

Terceiro cabeça de série, o jogador português de 29 anos derrotou o compatriota Jaime Faria, de 16, em duas partidas, com os parciais de 6-2 e 6-2.

Atualmente no 532.º lugar do ranking ATP, Gastão Elias (que já foi 57.º) procurou desde cedo tomar controlo do encontro frente a um jogador que não conhecia bem, mas que deixou boas impressões: “Treinámos no outro dia e gostei bastante das pancadas dele. É um jogador bastante completo, com um bom futuro. Entrei para este jogo tranquilo, mas a saber que do outro lado ia estar um jovem sem pressão nenhuma, solto, e que isso pode complicar as coisas, mas felizmente consegui ser consistente do início ao fim e como disse fiz com que o jogo ficasse tranquilo.”

Com a vitória desta quinta-feira, o jogador da Lourinhã igualou Nuno Borges com três pontos na posição cimeira do Grupo 3, que se decidirá na sexta-feira precisamente com um duelo entre os dois jogadores — que há duas semanas já se defrontaram, na Vale do Lobo Tennis Academy, com o triunfo a sorrir ao tenista natural da Maia.

“Aprende-se muito com as derrotas. Posso mudar uma ou outra coisa, principalmente no plano de jogo, mas sei que vai ser um jogo bastante difícil. Ele ganhou-me na última vez vez e isso é logo um indicador de que pode ser um encontro bastante complicado. Se não me engano, nos últimos 10 jogos ele ganhou 12 (risos), portanto está com muita confiança. O Nuno é muito talentoso e já demonstrou muitas vezes o bom nível que pode alcançar.”

Última atualização às 12h56.

Total
4
Shares
Total
4
Share