Duarte Vale volta a jogar muito e inscreve o nome nas meias-finais em Lisboa

Beatriz Ruivo/FPT

LISBOADuarte Vale teve de interromper a época de estudos e competição nos Estados Unidos da América e regressar a Portugal por causa da pandemia, mas a paragem não lhe fez mal: depois de conquistar o Open de Oeiras, já está nas meias-finais do torneio do Circuito Sénior FPT que se está a jogar no Lisboa Racket Centre.

Dois dias depois de afastar de forma autoritária o jovem Pedro Araújo, o tenista da University of Florida (pela qual já venceu 67 encontros de singulares que o ajudaram a chegar ao 11.º lugar do prestigiado ranking universitário) saiu por cima de uma grande batalha com Tiago Cação, ao afastar o jogador do Centro de Alto Rendimento FPT por equilibrados parciais de 5-7, 6-3 e 6-4 no melhor encontro da semana.

Novamente com condições muito agrestes devido às fortes rajadas de vento que se fazem sentir no clube lisboeta, o encontro foi feito de várias quebras de serviço de parte a parte, com o equilíbrio a ser a maior constante ao longo das quase três horas de jogo que “prenderam” Vale e Cação ao court central, onde estava em jogo a vitória no grupo e consequente passagem às meias-finais.

O triunfo desta sexta-feira foi o 10.ª consecutivo de Duarte Vale, que uma semana antes de começar a competir em Lisboa (recebeu um wild card para o quadro principal) já tinha brilhado em Oeiras, onde conquistou uma das edições mais fortes de sempre do Open de Oeiras.

Classificação do Grupo 4:

  1. Duarte Vale, 6 pontos (2 encontros, 2 vitórias, 0 derrotas)
  2. Tiago Cação, 4 pontos (2 encontros, 1 vitória, 1 derrota)
  3. Pedro Araújo, 2 pontos (2 encontros, 0 vitórias, 2 derrotas)

Nas meias-finais, o tenista de Cascais vai ter como adversário o vencedor do Grupo 2, que será decidido ainda esta sexta-feira entre Frederico Silva, segundo cabeça de série, e Nuno Borges, recém campeão da etapa inaugural do Circuito Sénior FPT, na Vale do Lobo Tennis Academy.

Total
4
Shares
Total
4
Share