Tiago Cação “vinga” derrota no Algarve e afasta Pedro Araújo

Beatriz Ruivo/FPT

LISBOA — Um set bastou para Pedro Araújo ficar de fora das contas para as meias-finais, mas Tiago Cação precisava de mais para obter a vitória e não vacilou na hora de fechar o encontro, que o coloca em igualdade com Duarte Vale no Grupo 4.

Uma semana depois de ter sido derrotado pelo lisboeta na meia-final da etapa que se jogou na Vale do Lobo Tennis Academy, o tenista do Centro de Alto Rendimento aproveitou as ilações que retirou desse encontro e os dias que teve para se preparar para fazer os ajustes que lhe permitiram carimbar a vitória com os parciais de 6-1 e 7-5.

“Estava mais fresco e mais mentalizado para sofrer. Em Vale do Lobo houve muitas incertezas e eu não me mentalizei bem em relação a quem ia defrontar, mas aqui comecei a visualizar o encontro logo quando o sorteio saiu, pensei no que tinha feito bem e no que tinha de melhorar e tentei dar-lhe o mínimo de hipóteses possíveis. Ele também já tinha alguns jogos em cima das pernas e notei que estava cansado, mas estou contente por ter ganho”, disse o número 8 português e 547 ATP.

Superado o primeiro desafio, Tiago Cação — que é o quarto cabeça de série — tem um duelo decisivo marcado com Duarte Vale, que se destacou no arranque dos quadros principais no Lisboa Racket Centre.

“Nestes torneios qualquer encontro vai ser difícil e o Duarte é um bom jogador. As condições também não estão fáceis, está muito vento, mas sobretudo porque contra ele ia ser sempre difícil, quer em Futures quer aqui”, concluiu o tenista natural de Peniche.

Classificação do Grupo 4:

  1. Duarte Vale, 3 pontos (1 encontro, 1 vitória)
  2. Tiago Cação, 3 pontos (1 encontro, 1 vitória)
  3. Pedro Araújo, 2 pontos (2 encontros, 2 derrotas)
Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."