João Sousa a meio-gás entra a ganhar na segunda etapa do Circuito Sénior FPT

Beatriz Ruivo/FPT

LISBOA — Quase uma semana depois de ter sido surpreendido na fase de grupos da primeira etapa do novo Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis, João Sousa (66.º do ranking ATP) entrou com uma vitória na segunda, que se joga no Lisboa Racket Centre.

Favorito indiscutível à vitória naquela que é a sua segunda e última semana a competir em solo nacional, o vimaranense de 30 anos derrotou o lisboeta Tiago Torres, de 17, por 6-2 e 6-1, mas voltou a ficar longe do nível que faz dele um dos melhores jogadores do mundo.

Pouco à vontade com as condições de jogo e a envolvente do encontro, o melhor tenista português de todos os tempos não conseguiu brilhar e revelou, até, dificuldades em lidar com a circunstância. Em sentido contrário, o jogador da Lisbon Tennis Academy conseguiu aproveitar a ocasião para mostrar o seu portfólio — sobretudo na primeira “parte” do encontro — e não só devolveu a primeira quebra de serviço com três winners como esteve muito perto de voltar a levar a melhor no “saque” de João Sousa logo a abrir o segundo parcial e também no quinto jogo.

A boa réplica oferecida valeu, inclusive, grande parte dos aplausos a Tiago Torres, que apesar de não ter conseguido fazer o suficiente para carimbar a vitória saiu do court central do Lisboa Racket Centre de cabeça erguida — e com um dia para recordar.

Com a vitória desta quinta-feira, João Sousa soma três pontos e junta-se a João Monteiro no primeiro lugar do Grupo 1. Na sexta-feira, os dois defrontam-se pela vaga nas meias-finais.

Classificação do Grupo 1:

  1. João Sousa, 3 pontos (1 encontro, 1 vitória)
  2. João Monteiro, 3 pontos (1 encontro, 1 vitória)
  3. Tiago Torres, 2 pontos (2 encontros, 0 vitórias, 2 derrotas)
Total
9
Shares
Total
9
Share