Inês Murta na final em Vale do Lobo: “Quero entrar com a mentalidade com que entrei hoje”

Beatriz Ruivo/FPT

LOULÉInês Murta tornou-se este sábado na primeira finalista do novo Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis, ao derrotar Maria Inês Fonte de forma autoritária para dar continuidade à semana que marca o regresso aos courts depois de vários meses de ausência.

“Joguei com uma melhor mentalidade, sobretudo porque não gostei da maneira como joguei ontem e o meu grande foco, independentemente do resultado, era jogar da forma que acentua melhor o meu jogo”, revelou a algarvia instantes depois de carimbar o terceiro triunfo da semana. “Houve certos momentos em que podia ter sido mais agressiva, mas no geral estou muito feliz com a maneira como joguei, sobretudo quando comparado com o encontro de ontem.”

Na véspera, Inês Murta tinha apontado a movimentação como uma das grandes qualidades da adversária e mesmo estando por cima durante todo o encontro confirmou esse ponto forte: “Sinto que a minha bola anda bastante, por isso se eu conseguir ser agressiva e determinada consigo criar danos mesmo que ela se movimente bem. Mas senti rapidamente que sempre que eu queria fazer uma variação, por exemplo com um amortie, ela era rápida a chegar às bolas e por vezes conseguiu surpreender-me.”

Apesar de ainda não conhecer a adversária na final de domingo, marcada para as 14h e com transmissão em direto na Sport TV, a número dois portuguesa quer entrar “com a mentalidade com que entrei hoje, ou seja, sabendo que vai ser um encontro duro independentemente da adversária.”

Total
6
Shares
Total
6
Share