Francisca Jorge: “Foi um bom jogo de se ver, estou a subir o nível ao longo do torneio”

Beatriz Ruivo/FPT

LOULÉ — Primeiro Inês Murta, depois Francisca Jorge. A final da primeira etapa do Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis vai colocar frente a frente as duas melhores jogadoras portugueses da atualidade — transmissão Sport TV, a partir das 14h de domingo (28 de junho).

“Foi um bom jogo, principalmente de se ver. A Inês está a jogar muito bem, tem vindo a melhorar e aqui em piso rápido conseguiu dificultar-me mais a tarefa. Num momento ou outro acusei um bocadinho a pressão de querer finalizar os pontos, encolhi-me mais e nessas alturas ela tomou a iniciativa, mas nos momentos importantes acabei por conseguir lidar melhor com a pressão e no final fui superior”, referiu a jogadora portuguesa de 20 anos depois de superar Inês Oliveira.

Questionada sobre se esta terá sido a melhor exibição que alinhou na Vale do Lobo Tennis Academy, Francisca Jorge não hesitou: “Houve momentos em que não me senti tão ‘fina’, mas ao longo deste torneio tenho vindo a subir o nível, a soltar-me mais em campo e a querer mostrar aquilo de que sou capaz e tenho de ficar contente por isso.”

Na final, a número um portuguesa vai ter pela frente a número dois, Inês Murta, e não espera facilidades: “Tenho de estar tranquila, confiante e acreditar nas minhas capacidades, porque a Inês é uma jogadora bastante agressiva, mais alta e que tem um serviço melhor, portanto vai dificultar-me nessa parte. Tenho de me manter fiel ao meu jogo e acreditar que sou capaz.”

Total
2
Shares
Total
2
Share