Inês Murta não dá hipóteses rumo às meias-finais no torneio de Vale do Lobo

Beatriz Ruivo/FPT

LOULÉ — Estão definidas três das quatro semifinalistas do quadro feminino na Vale do Lobo Tennis Academy, que até domingo acolhe a primeira etapa do novíssimo Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis.

Depois de Maria Inês Fonte e Inês Oliveira, Inês Murta (645.ª WTA) completou o “trio” de homónimas apuradas para a fase a eliminar ao somar mais uma vitória autoritária na fase de grupos: desta vez, derrotou Matilde Morais (do qualifying e número 31 nacional) por 6-3 e 6-1, completando o grupo 2 com apenas quatro jogos cedidos em dois encontros.

“Sinto-me sobretudo bem por estar a jogar. Vimos todos da mesma situação, a quarentena, mas eu tenho tido mais dificuldades em jogar por causa de algumas lesões e por isso sinto-me muito bem por estar de volta, independentemente da forma como as coisas correm”, começou por reconhecer a jogadora algarvia de 23 anos.

Nas meias-finais, Inês Murta terá como adversária Maria Inês Fonte, jogadora da qual espera dificuldades: “Estou à espera de um encontro muito duro. Ela movimenta-se muito bem, estivemos as duas na Fed Cup e vi que ela estava a jogar a um nível muito bom.”

Total
6
Shares
Total
6
Share