Gastão Elias ultrapassa estreia desafiante no Circuito Sénior FPT e fica impressionado com o adversário

Beatriz Ruivo/FPT

LOULÉ — Não foi um primeiro encontro nada fácil aquele que Gastão Elias teve de ultrapassar para entrar com o pé direito na fase de grupos do primeiro torneio do Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis, que se joga na Vale do Lobo Tennis Academy, em Loulé.

Sem competir desde que disputou o primeiro e único torneio da época no circuito internacional, ainda em janeiro, o número 5 nacional e 532 ATP precisou de se aplicar do início ao fim para derrotar Tiago Torres, por 7-6(1) e 7-5.

Apesar do nervosismo próprio de um encontro mediático como este, o jovem de 17 anos conseguiu comandar as operações durante grande parte do primeiro set, em que não só liderou por 4-1 como dispôs de dois set points ao 6-5. Mesmo perdendo no tie-break, Torres continuou a exercer pressão sobre Elias: teve três oportunidades consecutivas de fazer o break logo no arranque do segundo parcial e ao 4-4 criou mais cinco oportunidades para lhe quebrar o serviço, mas a experiência do ex-top 60 ATP acabou por fazer a diferença.

“Nem sabia que tinha sido tanto tempo [sem competir]… Para primeiro encontro passado tanto tempo acho que foi ótimo, estou muito feliz. Senti-me bem dentro do campo e os problemas que me estavam a afetar não apareceram”, começou por dizer o quarto cabeça de série.

Foi a primeira vez que Gastão Elias defrontou Tiago Torres, um adversário que não conhecia e que o deixou impressionado: “Surpreendeu-me bastante, conseguiu fazer vários pontos bons e fico feliz por isso, porque para mim foi bom ele ter-me complicado a vida. Voltei a sentir um pouco de tensão, de nervosismo e isso é positivo. Fiquei impressionado com o ténis dele.”

Agora segue-se João Monteiro, num encontro decisivo, marcado para sexta-feira, que decide o vencedor do Grupo 4 e, consequentemente, o semifinalista. “Conheço-o muito melhor. Nunca jogámos em torneios oficiais, mas treinámos algumas vezes e sei que vai ser um encontro duro. O João já teve resultados muito bons a nível internacional, já teve perto dos 200 primeiros e é um jogador muito bom. Vou motivadíssimo para essa ronda, com muita vontade. E também alguma curiosidade para ver como é que acordo amanhã.”

GRUPO 4:

  1. João Monteiro, 3 pontos (1 encontro, 1 vitória)
  2. Gastão Elias, 3 pontos (1 encontro, 1 vitória)
  3. Tiago Torres, 2 pontos (2 encontros, 2 derrotas)

Última atualização às 14h29.

Total
8
Shares
Total
8
Share