Pedro Sousa critica exibição de Djokovic: “Não era preciso aquele show todo”

Argentina Open

Numa altura em que o ténis também já retomou em Portugal, com os melhores tenistas lusos todos em Vale do Lobo para a primeira etapa do circuito da Federação Portuguesa de Ténis (FPT), as notícias vindas do outro lado da Europa geraram algumas críticas. Pedro Sousa, um dos que se prepara para ir a jogo no Algarve, foi a voz mais ativa na hora de comentar o que aconteceu no Adria Tour.

“Independentemente de a pandemia estar aparentemente mais controlada nesses países [Sérvia e Croácia], acho que não era preciso aquele show todo. Foi um pouco exagero e deveriam ter mais cuidado”, afirmou o número dois português, em declarações à LUSA.

O lisboeta acredita que o torneio podia ter sido feito, mas não nos moldes em que se realizou. “Se o Djokovic queria fazer o torneio, podia ter feito, mas noutros moldes, não com quatro mil pessoas a assistir, sem qualquer tipo de distanciamento, e sem o mínimo de cuidado. Acho que podiam e deviam ter tido mais cuidado, nesse aspeto”, disse.

A concluir, Pedro Sousa pediu “algum respeito por tudo o que o mundo passou por causa desta doença”, isto apesar das situações na Sérvia e na Croácia, onde se jogaram as duas etapas do Adria Tour, estarem melhores do que noutros pontos do mundo.

O Adria Tour tinha quatro etapas previstas mas viu as duas últimas serem canceladas, depois de um foco de contágio se ter desencadeado na segunda etapa, em Zadar. Grigor Dimitrov, Borna Coric e Novak Djokovic são alguns dos nomes que contraíram o novo coronavírus.

Total
3
Shares
Total
3
Share