João Monteiro “sem grandes expetativas” regressa às vitórias num palco de várias recordações

Beatriz Ruivo/FPT

LOULÉJoão Monteiro estava a regressar da melhor forma possível aos courts quando voltou a lesionar-se. Depois a pandemia surgiu e a paragem aumentou, portanto foram precisos quase quatro meses para que voltasse à competição — e fê-lo com uma vitória.

Convidado pela organização para o quadro principal do primeiro torneio do Circuito Sénior FPT, na Vale do Lobo Tennis Academy, o campeão nacional absoluto de 2016 e 2018 acusou a falta de ritmo competitivo, mas conseguiu contornar o bom arranque do qualifier Tiago Torres para vencer, por 6-4 e 6-2.

“Depois de uma quarentena em que um jogador não sabia bem o que fazer é bom voltar a competir e principalmente a vencer. Nas duas últimas vezes em que joguei no Algarve tive duas lesões e poder regressar no local em que tudo parou é um sentimento especial. E é sempre bom ganhar, principalmente aqui em Portugal”, analisou o portuense, que já jogou finais internacionais na Vale do Lobo Tennis Academy.

Com ‘fome’ de encontros, João Monteiro não tem, no entanto, grandes expetativas para esta semana: “Preparei-me muito mal, porque já me tinha comprometido com interclubes na Alemanha muito antes de sair este calendário da Federação e não ia voltar atrás com a minha palavra. Venho para ganhar rodagem, para competir e voltar a estar num ambiente de torneio e procurar as melhores sensações, porque estar muitos meses sem competir não é fácil. E hoje isso notou-se. O Tiago entrou muito melhor do que eu, porque notava-se que estava com mais ritmo, mas consegui manter-me bem e acabei por dar a volta ao 4-1 no primeiro set.”

Já com uma vitória no bolso, João Monteiro só vai regressar ao court na sexta-feira para defrontar Gastão Elias, que joga o encontro de estreia na quinta-feira, com Tiago Torres.

Total
2
Shares
Total
2
Share