Circuitos convocam jogadores para uma reunião sobre o que resta da temporada

Decisões à vista: as associações de tenistas profissionais convocaram os jogadores para uma reunião que pretende esclarecer grande parte das dúvidas em relação ao possível regresso à competição.

Como informou a MARCA, a reunião está marcada para as 15h de Portugal Continental do próximo dia 10 de junho e pretende informar os jogadores dos planos para o que ainda falta da temporada de 2020. Espera-se que a decisão seja anunciada a 15 de junho, depois de inicialmente o presidente da ATP, Andrea Gaudenzi, ter anunciado que faria uma comunicação no primeiro dia do mês.

Neste momento, a grande dúvida diz respeito ao que vai acontecer nos Estados Unidos da América: se os torneios se mantiverem de pé, em que contornos serão jogados (esta terça-feira ficou-se a saber que a USTA colocou em cima da mesa a possibilidade de passar, excecionalmente, o torneio de Cincinnati para Nova Iorque), e se forem cancelados o que é que isso significará para o resto do calendário.

O mais provável é que, no caso de não haver US Open, a “gíria” pré-Roland Garros recupere algumas etapas — são conhecidas as vontades de Madrid, Roma e Hamburgo ainda organizarem os respetivos torneios em 2020.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."