Federação de Ténis prolonga suspensão de provas por mais uma semana

André Ferreira/FPT

A Federação Portuguesa de Ténis (FPT) comunicou, esta quinta-feira, o prolongamento da suspensão de todas as provas do calendário nacional por mais uma semana, até ao dia 7 de junho, devido à pandemia do coronavírus.

A decisão anunciada esta quinta-feira foi a quarta da entidade no que diz respeito ao calendário de provas: a primeira surgiu a 13 de março e dava conta da suspensão até ao fim do mês; a segunda dias mais tarde, deitando por terra um regresso antes do final de abril, e a terceira um mês depois, colocando um ponto final no calendário até dia 31 de maio.

No mesmo comunicado, a FPT voltou a reiterar estar “a trabalhar diariamente com as autoridades de tutela para que o recomeço da atividade de competição de ténis ocorra o mais breve possível, mas com a máxima segurança.”

Apesar do prolongamento da suspensão, já começam a surgir boas notícias: não só o regresso da atividade já foi autorizado em todos os clubes que disponham de courts ao ar livre e semi-cobertos, como a entidade acredita que ainda seja possível retomar a realização de provas durante o mês de junho.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."