Egípcio banido para sempre por 21 infrações relacionadas com manipulação de resultados

O egípcio Youssef Hossam, de apenas 21 anos, foi banido para toda a vida do ténis profissional. A decisão surge na sequência de múltiplas infrações cometidas pelo atleta, todas relacionadas com manipulação de resultados e corrupção.

A Unidade de Integridade do Ténis (TIU) apurou que Hossam foi culpado, juntamente com terceiros (entre os quais o irmão, Karim), de ter cometido 21 infrações entre 2015 e 2019. A decisão final em relação à suspensão definitiva do atleta surge depois deste ter sido inicialmente suspenso de forma provisória.

Youssef Hossam, de apenas 21 anos, ocupava o 820.º lugar no ranking ATP e foi o primeiro tenista egípcio a integrar os dez primeiros lugares do ranking de juniores da Federação Internacional de Ténis (ITF).

Daniel Sousa
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.