Ons Jabeur defende reatamento da competição em março de 2021

O ténis internacional continua parado, na sequência do surto de Covid-19, e as opiniões sobre um regresso ainda em 2020 e em que moldes são muitas. A mais recente delas pertence à tunisina Ons Jabeur que, em declarações ao vodcast da Eurosport Tennis Legends, sugeriu que a modalidade regressasse em março de 2021.

Na visão da tenista africana, faria todo o sentido que os torneios que foram disputados em 2020 não o fossem na próxima temporada. Assim, a atual época não seria reatada no presente ano civil mas sim em 2021, iniciando a partir do ponto em que foi interrompida.

“Não acho que seja uma boa ideia começar a época este ano. Comecem no próximo ano em março”, começou por dizer. “Não comecem por jogar o Australian Open, já que o jogamos este ano. Comecem a partir de Indian Wells [o primeiro torneio cancelado], onde tudo parou. É justo para os outros Grand Slams, é justo para os pontos e para tudo o resto”, acrescentou.

A tunisina, que se tornou na primeira tenista árabe a chegar aos quartos de final de um Grand Slam em singulares, acredita, no entanto, que a época se reate em setembro. Porém, considera que isso seja pouco justo para todos. “Honestamente, acredito que em setembro é quando vai tudo recomeçar. Vamos supor que até recomeçássemos em julho, o que seria dos outros torneios? E o que seria dos outros Grand Slams se pudermos jogar à volta de dois ou três Grand Slams por ano e não jogar o outro? Como é isso justo para os pontos e para os outros jogadores?”, questionou a 39.ª colocada do ranking WTA.

Total
3
Shares
Total
3
Share