Presidente da ATP confirma interesse em fusão com a WTA: “É uma oportunidade enorme”

A ideia de uma fusão entre a ATP e a WTA não é nova, mas recuperou atenção quando, esta manhã, foi lançada no Twitter por Roger Federer e entretanto foi confirmada por Andrea Gaudenzi, o Presidente da Associação dos Tenistas Profissionais.

“O nosso desporto tem uma excelente oportunidade pela frente se conseguirmos juntar-nos no sentido de colaborarmos e de nos unirmos. As colaborações recentes entre as entidades que gerem o ténis só fortaleceram a minha crença de que um desporto unido é a melhor forma de maximizarmos o nosso potencial e providenciarmos a melhor experiência para os fãs no terreno, na televisão e online”, disse, citado pelo jornalista Christopher Clarey, do The New York Times.

“Dou as boas vindas às opiniões dos jogadores. O ténis sempre trilhou o caminho no que diz respeito a juntar os homens e as mulheres nos maiores palcos — é uma das nossas maiores forças e o que nos distingue de todos os desportos”, continuou o italiano, ex-top 20 de singulares, que assumiu a liderança da ATP no início da nova temporada.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."