“Big Three” alargam proposta da ATP e sugerem apoio de milhões para centenas de jogadores

São três das vozes mais influentes da modalidade e em conjunto podem estar próximos de melhorar o primeiro grande pacto de apoio para tenistas profissionais: esta sexta-feira, Novak Djokovic, Roger Federer e Rafael Nadal fizeram uma revisão ao pacote delineado pela Associação dos Tenistas Profissionais com o objetivo de apoiar o maior número possível de jogadores que estarão a enfrentar dificuldades financeiras por causa do coronavírus.

Como contou o jornalista argentino Danny Miche, a comunicação com os jogadores terá sido feita pelo tenista sérvio, que é o Presidente do Conselho de Jogadores da ATP e numa longa mensagem informou os companheiros de circuito da proposta que conta com o aval dos restantes elementos do chamado Big Three. Em suma, Djokovic, Federer e Nadal sugerem que cada jogador do top 100 faça uma doação consoante o ranking que ocupa de forma a reunir vários milhões de dólares para ajudar sobretudo os tenistas entre a 250.ª e a 700.ª posição.

O primeiro rascunho da proposta, feita pela ATP, focava-se em ajudar os jogadores entre os 150.º e 400.º lugares, mas os “Big Three” consideram fundamental alargar o apoio a mais jogadores porque entendem que é fora do top 250 que estão os casos mais críticos em termos de dificuldades financeiras — até porque muitos desses primeiros 250 terão jogado as fases de qualificação dos torneios do Grand Slam nos últimos 16 meses, incluindo o Australian Open deste ano.

O modelo de Djokovic, Federer e Nadal implica que cada jogador do top 100 de singulares e do top 20 de pares faça uma doação consoante os seguintes grupos:

  • Do 51.º ao 100.º lugar: 5.000 dólares cada
  • Do 21.º ao 50.º lugar: 10.000 dólares cada
  • Do 11.º ao 20.º lugar: 15.000 dólares cada
  • Do 6.º ao 10.º lugar: 20.000 dólares cada
  • Do 1.º ao 5.º lugar: 30.000 dólares cada
  • Top 20 de pares: 5.000 dólares cada

A estas doações (que significariam 1,05 milhões de dólares) juntar-se-iam outras contribuições significativas da ATP (um valor semelhante) e dos torneios do Grand Slam (cerca de 500 mil dólares cada), resultando num valor total entre os 4 e os 4,5 milhões de dólares reservados para o grupo de jogadores.

Para além deste fundo de apoio aos jogadores, Novak Djokovic, Roger Federer e Rafael Nadal também sugeriram que a ATP doe 50% do prize-money do Nitto ATP Finals.

A proposta aguarda feedback dos jogadores mas é expectável que seja muito bem recebida pela grande maioria dos elementos da comunidade tenística.

Total
49
Shares
Total
49
Share