Federação Portuguesa de Ténis prolonga suspensão de todas as provas até 29 de abril

Beatriz Ruivo/FPT

Num dia de importantes desenvolvimentos para o desporto internacional, com destaque para a oficialização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, também a Federação Portuguesa de Ténis tomou uma nova decisão em resposta à pandemia de coronavírus: todas as provas inscritas no calendário oficial até 29 de abril de 2020 foram suspensas.

A cerca de duas semanas, a entidade responsável pelo ténis em Portugal já tinha tomado a decisão de suspender todos os torneios nacionais previstos até ao dia 31 de março. A nova decisão foi tomada “atendendo aos novos desenvolvimentos da pandemia e de forma a preservar a saúde pública”, justificou em comunicado.

Comprometida a “acompanhar diariamente a evolução da situação e as atualizações da Direção Geral de Saúde e do Governo”, a Federação Portuguesa de Ténis analisará durante o próximo mês “a possibilidade de prolongar a atual suspensão”.

Prometidas ficam, também, a análise e avaliação de “soluções para minimizar o impacto futuro desta pandemia no ténis português” e o “contato permanente com a International Tennis Federation e a Tennis Europe com a finalidade de tentar reagendar os vários torneios internacionais que se realizam em Portugal e que tiverem que ser cancelados.”

Para além de centenas de provas, também foi adiada a comemoração do 95.º aniversário da Federação Portuguesa de Ténis, inicialmente agendada para dia 16 de março, no Porto

Total
11
Shares
Total
11
Share