Yaroslava Shvedova testa negativo para COVID-19 mas segue para quarentena

A cazaque Yaroslava Shvedova vai ter de ficar em quarentena nas próximas duas semanas. Recentemente regressada ao circuito WTA, antes da paragem devido ao surto de COVID-19, a tenista de 32 anos viajava de Moscovo para Nur-Sultan num voo com uma pessoa infetada com o vírus.

Segundo um post no Instagram, Shvedova viajava muito perto dessa pessoa, pelo que teve que se submeter a uma quarentena temporária e ser testada para a presença de COVID-19. Os resultados deram negativo mas, ainda assim, a tenista foi aconselhada a fazer uma quarentena de duas semanas, pelo facto de ter estado muito próxima de alguém que é portador da doença.

Total
5
Shares
Total
5
Share