Três duplas portuguesas eliminadas na primeira ronda do Loulé Open

LOULÉ — Pelo segundo dia consecutivo, a jornada do Loulé Open não sorriu às cores nacionais: se na segunda-feira ficaram pelo caminho os últimos representantes que entraram em ação na fase de qualificação, esta terça-feira foi sinónimo de derrotas para três duplas 100% nacionais.

Primeiros candidatos ao título, Francisco Cabral e Gonçalo Falcão caíram num duelo muito equilibrado perante os belgas Arnaud Bovy e Gauthier Onclin, por 7-5, 2-6 e 10-7.

Pouco depois, foi a vez dos wild cards Martim Simões e Afonso Portugal cederem por 6-1 e 6-2 para Fabian Fallert e Nicolas Moreno de Alboran, da Alemanha e EUA, respetivamente.

A jornada concluiu-se com azar para outra dupla convidada — uma entorse sofrida por André Rodeia impediu-o de terminar o encontro ao lado de João Graça quando os espanhóis Albert Barroso Campos e Benjamin Winter Lopez (segundos cabeças de série) já lideravam por 6-3 e 4-2.

Quarta-feira será dia de estreia para a comitiva lusa no quadro principal de singulares, com Tiago CaçãoLuís Faria e os wild cards Francisco CabralFábio CoelhoJoão Graça a irem todos a jogo.

Total
7
Shares
Total
7
Share