Roger Federer recupera direitos do famoso logo “RF”

A batalha parece ter chegado ao fim: depois de quase dois anos de negociações, Roger Federer recuperou os direitos de utilização do logótipo “RF”, que desde a sua saída da Nike (no início de 2018) estavam a cargo da fabricante norte-americana.

A informação foi avançada na madrugada desta terça-feira por vários órgãos de comunicação social, incluindo o RTS, da Suíça.

O tenista suíço trocou a Nike pela Uniqlo num negócio milionário (falou-se em 10 milhões de euros por ano durante um mínimo de 10 anos) mas teve de se equipar sem o seu logótipo durante mais de uma época.

Total
4
Shares
Total
4
Share