Torneio de Indian Wells cancelado depois de ser detetado um caso de coronavírus na região

Os responsáveis pelo BNP Paribas Open anunciaram, na madrugada desta segunda-feira, o cancelamento do prestigiado torneio de Indian Wells depois de ter sido confirmado um caso de coronavírus no Coachella Valley, a região da prova.

Num comunicado publicado no website oficial, a organização cita o “estado de emergência de saúde pública” declarado pelos responsáveis pelo Departamento de Saúde daquela região como razão para o cancelamento do torneio, que tinha início marcado para esta segunda-feira e é considerado por muitos “o quinto Grand Slam”.

Desta forma, Indian Wells fica com datas suspensas e Tommy Haas (o atual direto de prova) e restantes elementos de equipa comprometem-se a arranjar uma nova janela. “Estamos muito desiludidos mas a saúde e a segurança da comunidade local, dos adeptos, dos jogadores e voluntários, patrocinadores e todas as pessoas envolvidas é da mais elevada importância. Estamos preparados para realizar o torneio noutras datas e vamos explorar as nossas opções.

João Sousa era o único tenista português com participação assegurada na edição de 2020 do torneio de Indian Wells, onde conseguiu ter entrada direta no quadro principal.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."