Trio português na segunda ronda do qualifying do Loulé Open

Martim Simões, Afonso Portugal e André Rodeia foram os jogadores portugueses que sobreviveram à jornada inaugural do Loulé Open, o ITF de 15 mil dólares organizado pelo Clube de Ténis de Loulé que arrancou com 12 jogadores da “casa” em ação.

Com apenas 16 anos, Martim Simões somou a segunda vitória da carreira no circuito internacional ao deixar para trás o norte-americano Dhruva Mulye (de 19 anos) com os parciais de 7-5 e 6-1. Segue-se o encontro com Billy Harris, que tem a seu cargo o estatuto de primeiro cabeça de série.

Afonso Portugal também foi feliz na jornada deste domingo, ao superar o canadiano Michel-Alexandre Fortin com 7-5 e 6-3 para marcar encontro com Maik Steiner, alemão que é o oitavo pré-designado da fase de qualificação.

O trio vencedor foi completado por André Rodeia, que deixou facilmente pelo caminho Cameron Henricy Trigolos (1590.º) por 6-2 e 6-4. O próximo adversário do jogador luso de 18 anos é Yannik Steinegger, suíço que é o sexto favorito da fase de qualificação.

Os vencedores serão chamados a uma jornada dupla já na parte da tarde desta segunda-feira, dia em que fica concluído o qualifying.

Bernardo Roque (6-4 e 6-2 para Lorenzo Vatteroni), Guilherme Sousa Severin (6-0 e 6-0 para Marvin Moeller), João Ferreira (6-4, 1-6 e 10-3 para Adrien Guye), Evan Morgan (6-4 e 6-1 para Jose Joaquin Miranda Cisneros), Diogo Alves (6-7[5], 6-2 e 10-5 para Pedro Gabriel Rodrigues), Tiago Rodrigo Fernandes (6-1 e 6-2 para Terence Das), Afonso Salgado (que desistiu quando perdia por 7-5 e 1-0 com Len Schouten), Paulo Fernandes (6-2 e 6-1 para Yannik Steinegger) e Gonçalo Falcão (7-5 e 6-3 para David Marrero) não conseguiram passar a primeira ronda.

Total
10
Shares
Total
10
Share