João Sousa e Pedro Sousa vencem o par e colocam Portugal no Grupo Mundial I da Taça Davis

Três encontros, três vitórias e um apuramento: a semana em Siauliai não podia ter corrido melhor à seleção nacional masculina de ténis, que na manhã deste sábado carimbou de forma autoritária o terceiro triunfo sobre a Lituânia para confirmar a vitória no play-off e avançar para o Grupo Mundial I da Taça Davis, em setembro.

Depois de dois triunfos em singulares no primeiro dia, o capitão Rui Machado manteve a primeira palavra e chamou a jogo João Sousa e Pedro Sousa, que lado a lado pela segunda vez nas duas últimas eliminatórias voltaram a vencer — desta vez por 6-3 e 6-1 contra Laurynas Grigelis e Lukas Mugevicius para selarem a eliminatória.

A dupla portuguesa foi sempre superior e só por uma vez (ao 4-2 do primeiro set) encontro alguma resistência do conjunto da casa, que apesar dos quatro pontos de break não conseguiu recuperar terreno.

Ao fazer o 3-0 contra a Lituânia, Portugal garante a primeira vitória fora de portas desde setembro de 2013, quando foi à Moldávia vencer por 3-2. Este é, também, o primeiro triunfo de Rui Machado enquanto capitão nacional, depois de visitas ao Cazaquistão e à Bielorrússia (numa eliminatória que até terminou com alguma polémica dada a quebra dos regulamentos e consequente multa aplicada à seleção do Leste Europeu).

O resultado apura o conjunto luso para o Grupo Mundial I, que surgiu das mais recentes reformulações ao formato da competição para ocupar o lugar dos antigos grupos por regiões — no caso de Portugal, a zona euro-africana do Grupo I.

Essa eliminatória única está marcada para setembro e dá acesso às Davis Cup Qualifiers (a ronda de acesso às Davis Cup Finals), colocando frente a frente as equipas que venceram o play-off deste fim de semana (caso de Portugal) e as que perderam na eliminatória de qualificação para a fase final.

Total
111
Shares
Total
111
Share