Rui Machado enaltece vitórias: “Acabar o primeiro dia com 2-0 é muito diferente de 1-1”

A seleção nacional masculina de ténis viveu um dia praticamente perfeito em Siauliai e está a apenas um triunfo de derrotar a Lituânia para garantir a presença no Grupo Mundial I da Taça Davis, que dá acesso à fase de qualificação para a fase final. Por isso, o capitão Rui Machado despediu-se do primeiro dia naturalmente satisfeito.

“Foram duas boas vitórias, especialmente a do Frederico Silva que jogou pela primeira vez a titular na Taça Davis e jogou contra o número um da Lituânia, que à partida era o encontro mais difícil. Fez um excelente encontro, demonstrou que está bastante mais maduro e com um nível e ritmo tenístico num patamar muito elevado. Entrou um pouco nervoso, soube gerir esse nervosismo, aguentar, esperar pelas oportunidades e ganhou 11 jogos consecutivos para garantir a vitória”, comentou à Agência Lusa o ex-jogador e selecionador nacional.

Sobre João Sousa, que se reencontrou com as vitórias, Rui Machado referiu que “voltou a ser mais uma vez o João Sousa e a dar mais uma vitória a Portugal, fazendo um bom encontro com um adversário que não é claramente do nível dele mas que ainda assim foi muito profissional e assegurou o triunfo o mais rápido possível.”

“Acabar o primeiro dia com 2-0 é muito diferente de 1-1, por exemplo”, referiu ainda o capitão nacional, que deixou a garantia de que “a equipa tem demonstrado sempre estar motivada, tem sido muito profissional durante a semana e o objetivo é tentar ganhar a eliminatória no par. Sabemos que há três pontos em discussão e precisamos de ganhar um, mas vamos tentar vencer logo no primeiro.”

Com a vantagem de 2-0, Portugal já só precisa de mais um ponto para levar a melhor sobre a Lituânia neste play-off e garantir a presença no Grupo Mundial I em setembro. Essa eliminatória dá acesso à fase de qualificação para as Davis Cup Finals, prevista para março, enquanto o conjunto derrotado terá de jogar o Grupo Mundial II.

Total
7
Shares
Total
7
Share