“Portugal deu um bom passo para ganhar a eliminatória”, diz João Sousa depois da 1.ª vitória de 2020

João Sousa

Entre lesões (raríssimas na carreira) e o natural período de recuperação João Sousa viveu um início de ano complicado mas esta sexta-feira conseguiu reencontrar-se com o sabor das vitórias e fê-lo com as cores nacionais ao peito, ao dar a Portugal uma vantagem de 2-0 sobre a Lituânia no play-off do Grupo Mundial I da Taça Davis.

“Este regresso às vitórias foi bom e foi bom também fazê-lo a representar Portugal. Fisicamente estou muito melhor em relação aos encontros anteriores e hoje já me senti bastante bem. Ainda não totalmente livre de dores mas muito melhor e com vontade de continuar a trabalhar para estar a 100%”, referiu o número 65 do mundo à agência Lusa.

João Sousa considerou que “a vitória de hoje foi muito importante para nós, tanto a minha como a do Frederico Silva. Demos um bom passo para vencer a eliminatória. Vamos ver como corre amanhã [sábado] mas estamos numa boa posição para o fazer e contentes por estarmos a ganhar 2-0 no final do primeiro dia”.

Para além de ter ampliado a vantagem da equipa portuguesa, João Sousa também deu um passo importante a caminho de mais história ao igualar o número de vitórias de João Cunha e Silva em encontros de singulares na competição.

Total
8
Shares
Total
8
Share