Tiago Cação é o primeiro português a seguir para a segunda ronda do Faro Open

Dias depois de ter terminado o primeiro torneio internacional do ano em Portugal como semifinalista, Tiago Cação voltou a encontrar-se com as vitórias ao selar o apuramento para a segunda ronda do quadro principal de singulares do Faro Open.

Oitavo candidato ao título no Centro de Ténis e Padel de Faro, o jogador do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis (número 583 do ranking) sorriu por último num duelo equilibrado com o norte-americano Nicolas Moreno de Alboran (595.º) ao vencer por 6-4, 3-6 e 6-4 ao fim de 2h17.

O encontro desta quarta-feira foi o segundo do ano entre os dois jogadores: em fevereiro, Cação já tinha passado por Moreno de Alboran para chegar à final do ITF de Monastir, na Tunísia.

Na segunda ronda, o tenista natural de Peniche — que até ao momento foi o único português a vencer — vai ter pela frente o vencedor do encontro entre Guy Den Heijer e Afonso Salgado, um dos contemplados com wild cards.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."