Três anos depois, Ricardo Ojeda Lara é novamente o campeão do Vale do Lobo Open Magnesium-Ok

VALE DO LOBO — Três anos depois, Ricardo Ojeda Lara voltou a ser feliz na primeira semana de ténis internacional em Portugal: o já experiente jogador espanhol sagrou-se campeão do Vale do Lobo Open Magnesium-OK pela segunda vez, erguendo o 16.º título da carreira.

Horas depois de ter colocado um ponto final na campanha do português Tiago Cação, o espanhol deu a volta a uma final entre os dois principais candidatos ao título: 1-6, 6-3 e 6-4 (em 1h51) foram os parciais que aplicou a Riccardo Bonadio, o mais cotado entre todos os inscritos no torneio.

Depois de um começo de sentido único, em que Bonadio conseguiu dominar o jogo com uma esquerda capaz de criar dificuldades de qualquer zona do campo (e praticamente em qualquer circunstância), Ojeda Lara começou finalmente a discutir a final. Se o adversário é particularmente forte com a pancada de esquerda a uma mão, o espanhol tem na direita o pilar do seu jogo e depois de muito insistir causou finalmente adversidades ao italiano, que voltou a ser traído pela falta de solidez psicológica e não se conseguiu agarrar à liderança considerável que desenhou na reta inicial.

“Estou muito feliz por ter conseguido ganhar este título. Já tinha ganho aqui há três anos e é o primeiro troféu do ano, significa muito e ainda mais porque o meu pai veio cá ver-me jogar”, revelou Ricardo Ojeda Lara na primeira reação ao encontro.

“No início não consegui estar tão bem, precisei de algum tempo para me concentrar e acusei muito o facto de ter disputado a meia-final esta manhã mas foi sobretudo toda a espera do dia anterior, aquele não saber se íamos ou não voltar ao campo para concluir o encontro. Mas depois isso passou-me e no dois últimos sets já consegui apresentar o meu jogo e estou muito feliz por isso”, concluiu o jogador natural de El Puerto de Santa María, Espanha, que em outubro de 2017 chegou a ser o 171.º do ranking ATP.

Terminada mais uma edição do Vale do Lobo Open Magnesium-OK, o circuito internacional terá a sua segunda semana em solo português na cidade de Faro, onde se joga a 29.ª edição do Faro Open — o segundo de cinco torneios ITF dotados de 15 mil dólares em prémios monetários.

Total
15
Shares
Total
15
Share