Rafael Nadal bate Fritz e conquista 85.º título da carreira em Acapulco

O espanhol Rafael Nadal conseguiu, finalmente, vencer em Acapulco desde que o torneio passou a ser jogado em piso rápido. Depois de ter chegado à final em 2017, o número dois do Mundo conseguiu dar o passo que faltava este sábado e, com uma vitória sobre Taylor Fritz (#35 ATP) por 6-3 e 6-2, conquistou o ATP 500 mexicano pela terceira vez na carreira.

O tenista de 33 anos teve uma semana imaculada no México, não tendo cedido qualquer set na caminhada até ao título. Na final, Nadal apresentou uma exibição convincente, onde se apresentou uma vez mais muito perigoso nos jogos de resposta. O maiorquino venceu 65% dos pontos na resposta ao segundo serviço de Fritz e converteu três dos sete pontos de break de que dispôs.

A eficácia de Rafael Nadal ao nível da resposta foi, de resto, uma constante durante a semana. O canhoto de Manacor terminou o torneio com a maior percentagem de jogos de resposta ganhos (54%) e com 63% de pontos de break convertidos (22/35).

A vitória em Acapulco marca o 85.º título da carreira de Rafael Nadal, que tem agora um registo de 85-37 em finais no circuito ATP. Em Acapulco, o espanhol avança para um registo de 20-2, ao mesmo tempo que se juntou a David Ferrer e Thomas Muster no lote de jogadores que conseguiram três títulos na prova.

Daniel Sousa
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.