Tiago Cação com vitória tranquila no regresso ao Vale do Lobo Open Magnesium-OK

VALE DO LOBO — Está carimbada a primeira vitória portuguesa no quadro principal de singulares do Vale do Lobo Open Magnesium-OK: Tiago Cação confirmou o estatuto de sexto cabeça de série para chegar à segunda eliminatória.

Duas semanas depois de ter atingido a primeira final de singulares do ano (e sétima da carreira) no circuito internacional, o jogador do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis derrotou o britânico Billy Harris (817.º) por 6-4 e 6-3 em 1h39.

Agressivo e particularmente incisivo com a pancada de esquerda, Cação esteve sempre no comando do marcador. Só por uma vez é que o tenista natural de Peniche cedeu um jogo de serviço — logo depois de fazer o primeiro break do duelo — e no segundo parcial a vantagem só não foi mais expressiva porque o britânico conseguiu resgatar o “saque” num sétimo jogo extremamente equilibrado que esteve muito perto de cair para o lado do português.

Com a vitória, Tiago Cação tornou-se no primeiro jogador português a avançar para a segunda ronda do Vale do Lobo Open Magnesium-OK (antes, Fábio Coelho, João Monteiro e Luís Faria caíram no mesmo court central) e já sabe que vai ter como próximo adversário Miguel Damas, qualifier espanhol que é o 1212.º da tabela.

A jornada desta quarta-feira conclui-se com um encontro 100% português: o qualifier Pedro Araújo e o wild card Francisco Cabral disputam o último encontro do dia no campo principal.

[6] Tiago Cação (POR) vs. Billy Harris (GBR), 1R Vale do Lobo Tennis Open:

Publicado por Raquetc em Quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."