Pedro Araújo brilha sob as luzes e soma a quarta vitória em Vale do Lobo

VALE DO LOBO — Uma, duas, três, quatro. Depois de passar com sucesso pela fase de qualificação, Pedro Araújo (1538.º ATP) levou a melhor numa sessão noturna improvisada para carimbar a quarta vitória consecutiva e inscrever o nome na segunda ronda do quadro principal de singulares do Vale do Lobo Open Magnesium-OK, o ITF de 15 mil dólares que se joga até domingo.

Para o último encontro da jornada no court central da Vale do Lobo Tennis Academy ficou reservada uma batalha 100% portuguesa e o jovem lisboeta de 17 anos conseguiu sorrir por último frente ao compatriota Francisco Cabral (1162.º), de 23, graças aos parciais de 7-6(2), 6-7(7) e 6-3 assinados ao fim de 2h49.

Apesar de ter sido pautado pelo equilíbrio do início ao fim, o encontro até podia ter terminado no segundo parcial só que Araújo não conseguiu converter nenhum dos dois match points de que dispôs no tie-break e teve de recorrer a um terceiro e decisivo set, onde conseguiu ser mais fresco do que Cabral e aproveitar o único ponto de break criado para fazer a diferença necessária.

O jogador lisboeta terminou o duelo com 117 pontos ganhos contra 111 do portuense, que terá de se contentar com a continuidade em prova na variante de pares: na quinta-feira, ao lado de Luís Faria, vai desafiar os primeiros cabeças de série Riccardo Bonadio e Marco Bortolotti por um lugar nas meias-finais. Quanto a Pedro Araújo, que continua vivo nas duas variantes, marcou encontro com o francês Arthur Cazaux (1080.º), que também precisou dos holofotes para vencer.

Total
18
Shares
Total
18
Share