João Domingues eliminado na segunda ronda do ATP 500 do Rio de Janeiro

Chegou ao fim a semana histórica de João Domingues no Rio de Janeiro. Depois de ultrapassar a fase de qualificação e a primeira ronda do quadro principal de singulares, o tenista português não conseguiu ir um passo mais longe e carimbar o apuramento para os quartos de final. Mas fez história e na próxima atualização do ranking terá um novo máximo de carreira.

Esta quinta-feira, o número três nacional (ainda 169.º ATP) perdeu por 6-3 e 7-6(5) para Gianluca Mager (128.º), que passa a liderar o frente a frente por 2-1.

O jogador natural de Oliveira de Azeméis chegou a dispor de um set point na segunda partida, quando aumentou a pressão no serviço do italiano ao 10.º jogo.

Depois, Domingues entrou mal no tie-break e esteve a perder por 6-1, mas conseguiu anular quatro match points consecutivos e voltou a colocar-se em posição de discutir o marcador. Só que Mager recuperou a concentração e conseguiu dar o passo que faltava para se tornar no primeiro italiano da história a chegar aos quartos de final no primeiro ATP 500 que disputa.

João Domingues procurava um registo semelhante — nunca tinha estado no quadro principal de um torneio desta categoria — e mesmo tendo sido derrotado tem razões para sair do Rio de Janeiro satisfeito: a boa campanha no torneio carioca vai valer-lhe o melhor ranking da carreira na atualização de segunda-feira, ocupando uma posição próxima do 150.º posto (depende dos restantes resultados da semana).

Antes, no fim de semana, o tenista do CIF estará em Santiago, no Chile, a disputar o qualifying do último torneio desta sequência na América Latina. Para além dele também Pedro Sousa vai a jogo.

Última atualização às 21h29.

Total
1
Shares
Total
1
Share