Francisca Jorge e Inês Murta derrotadas em batalhas de quase três horas

André Ferreira/Federação Portuguesa de Ténis

Separadas por cerca de 500km, Francisca Jorge e Inês Murta estiveram perto de selar os respetivos apuramentos para as segundas rondas dos ITFs de Antália, na Turquia, e Heralion, na Grécia, mas foram ambas derrotadas depois de quase três horas de luta.

No torneio turco, a número um nacional e 565 WTA Francisca Jorge não entrou bem mas conseguiu recuperar e lutar pela vitória frente a Silvia Njiric (581.ª), só que a croata conseguiu resistir a um 11.º jogo do terceiro set extremamente disputado e acabou por vencer por 6-3, 4-6 e 7-5 em 2h50.

Já em Heraklion, Inês Murta — a 631.ª do ranking e sexta pré-designada — conseguiu entrar por cima mas não evitou a recuperação da francesa Josephine Boualem (1070.º), que em fim de 2h44 consumou a reviravolta graças aos parciais de 5-7, 6-3 e 6-4.

Na jornada anterior as jogadoras portuguesas tiveram mais sorte na variante de pares e carimbaram os apuramentos para os quartos de final.

Total
1
Shares
Total
1
Share